Washington Luiz é liberada após manhã de caos

A pista sentido bairro-centro da Avenida Washington Luiz, na zona sul de são Paulo, foi liberada após nove horas de interdição, no trecho em frente ao aeroporto de Congonhas. A via foi interditada por causa da queda de uma passarela, por volta das 3 horas, atingida por um caminhão basculante. A pista foi liberada às 12h10 e a região ainda segue com um congestionamento de cerca de quatro quilômetros.A manhã foi de caos na região do aeroporto de Congonhas e também no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Além da queda da passarela, que provocou um intenso congestionamento na região, o denso nevoeiro que amanheceu sobre a capital atrasou os vôos que sairiam do terminal. Um deles, o dos deputados da CPI das Armas que foram para Presidente Bernardes, onde ouvirão o depoimento do líder do Primeiro Comando da Capital, Marcos Camacho, o Marcola, demorou 2 horas para decolar.Segundo acidenteUm dos guindastes usados para remover a passarela provocou um novo acidente, atingindo um relógio digital instalado no canteiro central da avenida, que despencou e caiu em cima de um táxi, sem deixar feridos.GuarulhosNo Aeroporto de Guarulhos, um homem, aparentando problemas mentais, invadiu o aeroporto, assustando os passageiros. Ele entrou com seu veículo na área de desembarque, por volta das 7 horas, para, segundo a Polícia Militar (PM), abençoar o aeroporto. Ninguém ficou ferido. De acordo com a PM, José Luís de Oliveira é fanático religioso e foi encaminhado ao setor de psiquiatria do Hospital Municipal de Guarulhos. O veículo, com várias irregularidades, inclusive sem placa, foi apreendido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.