Wolf Maia diz que sua família está traumatizada

O diretor e ator de novelas Wolf Maia, que teve a casa invadida na madrugada deste domingo, no Rio de Janeiro, divulgou uma nota escrita de próprio punho à imprensa, esta tarde. "Eu e a minha família estamos traumatizados e muito cansados com o ocorrido e, após realizados os procedimentos policiais adequados, encontraremos oportunidade para falar com a imprensa", declarou. Ele ainda agradeceu o interesse e a preocupação da população e pediu compreensão a todos pelo momento difícil que sua família passou. Durante a madrugada, quatro bandidos que passavam com um veículo roubado pela na Estrada do Joá viram uma das filhas de Wolf Maia entrar na casa com um grupo de amigos. Eles aproveitaram o portão da garagem aberto para invadir o local e fizeram dez pessoas reféns. Quando a polícia militar chegou, os bandidos tentaram fugir pelos fundos da residência levando como refém Felipe Augusto Pacheco. Houve tiroteio e Felipe foi baleado de raspão na coxa. Os bandidos voltaram para dentro a casa, de onde conseguiram fugir por volta das 7h40, mas sem levar dois carros que estavam lotados de eletrodomésticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.