Zumbido africano

A expectativa de que a torcida sul-africana fosse melhor ainda que a pernambucana se frustrou ao primeiro buzinaço da "vuvuzela", espécie de berrante de plástico mais popular que as coreografias tribais nos estádios do país da Copa. Os caras têm fôlego para tocar aquelas cornetas ensurdecedoras durante os 90 minutos de jogo - de qualquer jogo -, aparentemente dançam mais em dias de treino. A "vuvuzela" tem para uma partida de futebol na África do Sul a mesma importância da bola. Sem o barulho infernal soprado das arquibancadas, o que rola no gramado não tem a menor graça. Transmitido pela TV, o zumbido deixa o torcedor no sofá com a permanente sensação de que a qualquer momento um enxame de abelhas vai invadir a sala.Até o final da Copa das Confederações, todo mundo estará torcendo para que a Fifa proíba o ingresso de "vuvuzelas" nos estádios da Copa do Mundo de 2010. Ninguém merece um mês inteiro sob tamanha tortura. Imagina só o Joel Santana, coitado, que há um ano tenta aprender a falar inglês com um barulho desses! BARRETADASabe por que o produtor Luiz Carlos Barreto, o Barretão, entregou um DVD com os primeiros 10 minutos de imagens do filme Lula, o Filho do Brasil justo para o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ)? Não? Nem eu! Ou seja, aí tem!VELHO LOBO"Vocês vão ter de me engolir!"Mahmoud Ahmadinejad É o maior!Dunga pode sair consagrado da Copa das Confederações. Falta muito pouco para o técnico ficar mais antipático que o Vanderlei Luxemburgo, mais mal-humorado que o Muricy Ramalho e mais estourado do que o Felipão. Se bobear, volta de lá com a fama do Cuca.Papo cabeçaNem só os semáforos inteligentes não funcionam em São Paulo. Tem um bocado de coisa do gênero parada na USP, também.Pense nisso!É preciso separar o trigo do joio nos escândalos do Congresso! A extensão da assistência psicológica vitalícia a cônjuges de ex-parlamentares é, de certa forma, uma questão humanitária. Ou vai dizer que você também não tem pena dessas senhoras?!Contrato novoFaustão se superou no último Domingão em matéria de camisa horrorosa. O mau gosto, no caso, deve ser proporcional ao salário do apresentador, que está renovando contrato com a emissora na base de R$ 5 milhões por mês.Lógica oficialPelas contas da bancada do DEM, o dinheiro gasto com os salários do neto do Sarney dava para pagar a operação de redução de estômago do Heráclito Fortes. Outdoor A seleção dos EUA na Copa das Confederações tem um atacante chamado Altidore. Parece coisa de filho de português nascido na América, né não?

, O Estadao de S.Paulo

16 de junho de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.