2 acidentes com 4 ônibus de BRT deixam 150 feridos no Rio

Casos aconteceram no corredor Transoeste, na zona oeste; segundo passageiros, motorista de um dos coletivos usava celular

O Estado de S. Paulo

13 Janeiro 2015 | 12h53

RIO - Pelo menos 150 passageiros ficaram feridos na manhã desta terça-feira, 13, em dois acidentes com quatro ônibus do BRT Transoeste, na zona oeste do Rio de Janeiro. As vítimas foram atendidas por bombeiros e encaminhadas para os Hospitais Municipais Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, zona oeste, e Miguel Couto, na Gávea, zona sul.

Os acidentes envolveram ônibus do próprio BRT e ocorreram perto das Estações CTEx, em Guaratiba, e Pontal, no Recreio dos Bandeirantes. O primeiro aconteceu pouco antes das 8 horas e deixou 120 feridos. Meia hora depois houve a segunda colisão, que novamente envolveu dois ônibus do BRT, com 30 feridos.

O número de vítimas foi divulgado pelo Corpo de Bombeiros. De acordo com a corporação, “todos tinham ferimentos leves”. Até o fim da manhã desta terça-feira, a Secretaria Municipal de Saúde havia informado apenas que 13 pessoas tinham sido encaminhadas para o Miguel Couto e que “nenhuma apresentava estado grave”. O maior número de vítimas seguiu para o Lourenço Jorge.

Segundo relatos de passageiros, o motorista de um dos ônibus usava o aparelho celular no momento do acidente. Com um histórico de acidentes e mortes desde sua inauguração, em 2012, o BRT Transoeste foi o primeiro corredor expresso do Rio. Tem 56 quilômetros e liga o Terminal Alvorada aos bairros de Santa Cruz e Campo Grande. Os dois acidentes da manhã desta terça-feira ocorreram na pista sentido Alvorada.

Mais conteúdo sobre:
BRTRio de JaneiroAcidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.