Polícia Civil
Polícia Civil

2 acusados de participar de tentativa de invasão à Rocinha são presos

Diego de Lima Rodrigues e Luiz Fernando Almeida de Jesus são comparsas do traficante Nem e foram detidos em Saquarema

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

16 Outubro 2017 | 17h54

RIO - Dois acusados de participar da tentativa de invasão à Favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, em 17 de setembro, foram presos no domingo, 15, em Saquarema, na Região dos Lagos. Segundo a Polícia Civil, Diego de Lima Rodrigues, conhecido como Menor D, e Luiz Fernando Almeida de Jesus, o Nandão, são comparsas do traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem, ex-líder do tráfico na Rocinha.

+++ Mulher de Nem, Xerifa da Rocinha é presa na Ilha do Governador

+++ Polícia prende suposto segurança do traficante Rogerinho 157

A mando de Nem, os dois teriam participado da tentativa de invasão à comunidade realizada com o objetivo de expulsar o bando de Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, que foi auxiliar de Nem e assumiu o controle do tráfico de drogas na favela após a prisão do então chefe, em 2011.

 

Contra a dupla havia dois mandados de prisão por envolvimento com o tráfico da comunidade dos Macacos, em Vila Isabel, na zona norte. Rodrigues e Jesus eram procurados desde a Operação Leão XIII, desencadeada pela 20ª Delegacia de Polícia (Vila Isabel) e que resultou na ordem de prisão contra ambos, meses atrás. Contra Rodrigues pesa ainda a acusação de ser o principal auxiliar do traficante Leandro Batista, conhecido como 50, chefe do tráfico em Saquarema.

Policiais da 124ª DP (Saquarema), coordenados pelo delegado titular Leonardo Macharet, souberam que a dupla estava na cidade e monitoraram a casa em que os dois se hospedavam durante a noite de sábado, 14, e na manhã de domingo capturaram Rodrigues e Jesus, que foram transferidos para o Complexo Penitenciário de Bangu, na zona oeste do Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.