Estadão
Estadão

2º jovem morto após PM confundir ferramenta com arma é enterrado

Mototaxistas, colegas de profissão de Thiago Guimarães Dingo, de 24 anos, fizeram um protesto contra a Polícia Militar no local

Idiana Tomazelli, O Estado de S. Paulo

31 Outubro 2015 | 12h31

RIO, 31 - O corpo de Thiago Guimarães Dingo, de 24 anos, um dos dois jovens mortos por policiais militares ao ser confundidos com criminosos, foi enterrado na manhã deste sábado, 31, no Cemitério de Irajá, na zona norte do Rio. Mototaxistas, colegas de profissão de Dingo, realizaram um protesto contra a PM no local.

Os gritos de amigos e familiares pediam "Justiça", e uma faixa trazia a frase "Macaco não é arma, mototaxista não é bandido", em referência ao macaco hidráulico que ele e Jorge Lucas Martins Paes, de 17 anos, carregavam na moto. A ferramenta, usada para trocar pneus, foi confundida com uma arma, despertando a ação dos PMs.

Paes foi sepultado na sexta-feira, 30, também sob clima de revolta entre familiares. PMs que estavam em frente à capela no Cemitério de Inhaúma foram hostilizados e taxados de "assassinos".

Confusão. Os jovens foram mortos no fim da tarde de quinta-feira, 29, na Pavuna, zona norte do Rio. Segundo a Polícia Civil, por volta das 17h a Kombi de um amigo dos dois teve um problema, e Dingo recebeu o pedido para que levasse o macaco até ele para efetuar o conserto.

Dingo pediu que Paes o acompanhasse na motocicleta. Era o mais novo que carregava o equipamento quando a dupla cruzou com uma blitz do 41º Batalhão da PM na Rua Doutor José Thomas. O sargento confundiu o macado com uma arma e disparou um tiro de fuzil.

A bala atingiu Paes, atravessou seu corpo e feriu o amigo, que perdeu o controle da moto e bateu contra um muro. Em depoimento, o sargento admitiu o erro. A Delegacia de Homicídios (DH) do Rio investiga o caso.

Mais conteúdo sobre:
Rio Polícia Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.