Polícia Militar
Polícia Militar

4 suspeitos são mortos após operação do Bope nos Morros de São Carlos e Borel

Homens ficaram feridos em confronto com policiais nas comunidades, foram levados a hospital, mas não resistiram

Lucas Gayoso, Especial para o Estado

06 de junho de 2017 | 10h28
Atualizado 06 de junho de 2017 | 12h19

RIO - Quatro suspeitos de tráfico de drogas foram mortos durante operações do Batalhão de Operações Especiais (Bope), nos Morros do São Carlos, Fallet, Mineira e Borel, na zona norte do Rio de Janeiro. As comunidades possuem Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

Desde o início da manhã, moradores relatam intensa troca de tiros. Os suspeitos feridos chegaram a ser levados a um hospital, onde morreram. A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) informou que foi instaurado um procedimento policial para as mortes.

Os agentes apreenderam duas pistolas Taurus, uma pistola Bersa calibre 40 e munição. As operações, que começaram nas primeiras horas desta manhã, ainda estão em andamento.

Vila Kennedy

Na última sexta-feira, 2, dois suspeitos de tráfico de drogas foram baleados durante outra operação do Bope, na Vila Kennedy, em Bangu, na zona oeste do Rio. Eles foram socorridos na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da comunidade. Segundo a PM, uma pistola, drogas e a réplica de uma arma foram apreendidas.

Estudantes sem aula

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, 1.203 alunos ficaram sem aulas, nesta terça-feira, nas regiões onde foram feitas as ações. As unidades de ensino nas comunidades da Mineira, São Carlos, Fallet, Estácio e Borel tiveram o funcionamento interrompido. No total, são duas creches, uma escola e quatro Espaços de Desenvolvimento Infantil.

Mais conteúdo sobre:
Polícia MilitarRio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.