7 corpos são deixados em caminhão após fim de semana de tiroteios em Angra dos Reis

Polícia diz apurar se o caso foi um combate entre facções criminosas rivais

Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2019 | 17h22

RIO - Sete corpos foram encontrados na caçamba de um caminhão neste domingo, 15, em Angra dos Reis, litoral sul do Rio, após um fim de semana de tiroteios. Segundo a Polícia Civil do Rio, “diligências estão em andamento para apurar se o caso realmente veio a ser um combate entre facções criminosas rivais”.

De acordo com a secretaria, o caminhão de pequeno porte com os sete cadáveres foi deixado em frente a um batalhão do Corpo de Bombeiros. O 33º Batalhão da PM foi acionado para verificar o veículo, que foi abandonado na Rua Boa Esperança no bairro do Frade. A perícia foi acionada e a investigação ficou a cargo da 166ª Delegacia de Polícia.

Também pela manhã, o 33ºBPM recebeu denúncia a respeito de um veículo fazendo transporte de material para o Frade. Equipe policial interceptou o carro com as características indicadas na BR-101, altura do bairro Itinga, em Angra. Durante a revista foram encontradas 21 granadas caseiras e 480 munições calibre 5,56. O condutor do veículo foi levado para a 166ª DP.

Tiroteios foram registrados em Angra no sábado, 14, e neste domingo. De acordo com a Polícia Militar, uma operação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) no bairro do Frade encontrou resistência e houve tiroteio entre policiais e criminosos.

“Durante vasculhamento na área, criminosos atiraram contra as equipes policiais, que reagiram”, diz uma nota divulgada pela assessoria de imprensa da PM.

A PM não informou se houve mortos ou feridos na operação do Bope. Ainda conforme a corporação, os policiais apreenderam durante a operação “três fuzis (dois fuzis calibre 762 e um fuzil calibre 556), três pistolas, duas granadas e um rádio comunicador”.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.