Abordagem policial termina em tumulto em Copacabana

Um suspeito fugiu e três pessoas foram presas durante a operação

Ricardo Valota, do estadão.com.br

24 de março de 2010 | 04h20

Uma abordagem de policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) a três suspeitos, por volta das 23 horas de terça-feira, 23, na Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, zona sul do Rio, terminou em protesto, feridos e prisão.

 

Quando conversavam em uma viela, os três suspeitos foram abordados pelos policiais, mas um deles, irritado, xingou os PMs e entrou em luta corporal com o policial, tentando desarmá-lo. Alguns tiros foram disparados durante a luta, mas ninguém ficou baleado, mas o policial ficou levemente ferido.

 

Um dos suspeitos fugiu, mas o que tentou desarmar o policial e o outro que o acompanha foram encaminhados para a 12ª Delegacia, de Copacabana. Ao ver que os dois eram levados pela PM, um grupo de moradores resolveu dar início a um protesto.

 

Pelo menos dez pessoas desceram a favela quebrando latas de lixo da Comlurb, assustando quem passava pelas ruas do bairro. Uma mulher, que seria tia de um dos suspeitos, também foi detida após agredir outro policial, que ficou ferido no braço.

 

A UPP da Ladeira dos Tabajaras foi inaugurada em janeiro deste ano. A ocupação tem como objetivo inibir a ação de traficantes e apreender armas e drogas na comunidade.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de JaneiroCopacabanapolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.