Arquivo/AE
Arquivo/AE

Acesso ao Cristo Redentor é reaberto

Ponto turístico teve acesso rodoviário fechado por causa das fortes chuvas que atingiram o RJ

Agência Brasil

21 de abril de 2010 | 10h40

RIO - O acesso rodoviário ao Corcovado e ao monumento do Cristo Redentor, que estava fechado há duas semanas, reabriu na manhã desta quarta-feira, 21. O ponto turístico da zona sul do Rio, considerado uma das sete maravilhas do mundo, foi fechado depois que as fortes chuvas do início de abril provocaram deslizamentos de encostas e bloquearam os acessos deste setor do Parque Nacional da Tijuca.

 

Por enquanto, o acesso está aberto apenas aos veículos de turismo e a táxis. Os carros de passeio terão que estacionar fora da entrada do Parque Nacional da Tijuca, na Rua Almirante Alexandrino. O horário de fechamento desse setor do parque também foi antecipado das 18h para as 17h. Além disso, o trem do Corcovado continua fechado. Segundo o chefe do parque, Bernardo Issa, a visitação será interrompida caso haja sinais de chuva.

 

"A gente abriu com base em laudos da Geo-Rio [empresa de geotecnia do Rio] e da Defesa Civil e estamos seguindo as recomendações desse laudo, como não ter trânsito muito grande dentro do parque. Além disso, a gente diminuiu o horário de visitação em uma hora [em vez de fechar às 18h, fechará às 17h] para que não haja trânsito noturno na estrada. Outra medida é, a qualquer sinal de chuva, vamos fechar à visitação", disse Issa.

 

As equipes do Parque Nacional, da Defesa Civil e da Guarda Municipal coordenarão a retirada das pessoas do monumento, caso volte a chover na cidade. As chuvas da semana retrasada provocaram inúmeras quedas de barreira e inundações no estado. Pelo menos 256 pessoas morreram, sendo a maioria em Niterói (168) e na cidade do Rio (68).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.