Acidente no Rio ganha destaque na mídia internacional

Choque entre trens na Baixada Fluminense deixa oito mortos e 101 feridos

31 Agosto 2007 | 08h13

O acidente entre dois trens no Rio de Janeiro, que deixou oito mortos e 101 feridos, na tarde de quinta-feira, 30, ganhou destaque na imprensa internacional. O jornal The New York Times afirma que um trem em alta velocidade com centenas de pessoas se chocou com uma composição vazia no subúrbio do Rio. Em seu site, a rede de televisão CNN reproduz um vídeo com imagens do acidente, que aconteceu próximo da estação Austin.  "Estava sentado, senti a pancada e voei longe", conta estudante Privatização não resolveu problemas nas linhas Governo encerra resgate às vítimas Laudo do choque de trens sai em 10 diasConcessionária já foi multada duas vezesVeja local do acidente Veja outros acidentes no Brasil e no mundo Empresa vai dar informações por telefone Galeria de fotos   Os jornais espanhóis El País e El Mundo também destacaram em seus sites o fato, afirmando que o trem de oito vagões levava cerca de 400 pessoas. Porém, o El País informava que dez pessoas haviam morrido e mais de 100 tinham se ferido. O El País diz que as autoridades tentavam resgatar o maior número de feridos possíveis para evitar um maior número de mortos. Já o El Mundo destacou o fato dos maquinistas do trem terem sobrevivido e que seus depoimentos serão essenciais para as investigações sobre as causas do acidente. Em seu site internacional, a BBC reportou o acidente em sua página inicial e afirmava que o número de mortos podia aumentar. Além disso, relatou que o trem havia saído da Central do Brasil, a principal estação da capital fluminense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.