Adolescente é morta por bala perdida na zona oeste do Rio

Crislaine Suênia da Silva foi atingida enquanto andava de bicicleta na Avenida Isabel Domingues, em Jacarepaguá, e morreu na hora

Clarissa Thomé, O Estado de S. Paulo

10 de abril de 2015 | 11h14

Atualizado às 14h55

RIO - A estudante Crislaine Suênia da Silva, de 16 anos, foi morta por uma bala perdida na noite desta quinta-feira, 9, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro. A adolescente andava de bicicleta na Avenida Isabel Domingues, quando foi atingida por um tiro nas costas. Ela morreu no local.

Algumas testemunhas contaram que houve uma tentativa de assalto a um motorista, que acelerou o carro e tentou fugir. Os criminosos, então, dispararam. Outra versão é de que teria havido um confronto entre traficantes rivais da região de Jardim Clarice.

Dois carros com perfurações foram encontrados perto do local em que Crislaine foi baleada.

A jovem estudava na Escola Municipal Octavio Frias de Oliveira e morava na localidade Gardênia Azul. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios (DH).

Tudo o que sabemos sobre:
ViolênciaRio de JaneiroJacarepaguá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.