Adutora rompe e alaga bairro em Nova Iguaçu

"Mar de lama" invadiu as ruas e residências; por causa da força da água, o muro de uma casa foi derrubado

Luciana Nunes Leal, O Estado de S. Paulo

24 de março de 2016 | 09h32

RIO - Uma tubulação da Companhia Estadual de Águas e Esgoto (Cedae) rompeu na noite desta terça-feira, 22, no bairro Prados Verdes, em Nova Iguaçu, na região metropolitana do Rio, e inundou várias casas do Conjunto Habitacional Parque São Francisco de Paula, conhecido como Km 32. Um centro de apoio foi montado pela Defesa Civil para receber os desalojados. Cerca de 60 pessoas foram transferidas para pousadas e hotéis da região.

Moradores relataram que outro acidente com tubulação da Cedae ocorreu há um ano, na mesma região. A companhia informou que técnicos de Segurança Patrimonial e Assistência Social estão fazendo levantamento dos danos para ressarcir os moradores. Por causa da força da água, o muro de uma casa foi derrubado. Carros foram destruídos e muitas famílias perderam móveis e eletrodomésticos. Segundo moradores, um “mar de lama” invadiu as ruas e residências.

O Procon-RJ deu prazo de 15 dias para a Cedae apresentar as razões do rompimento da tubulação. O conserto do tubo rompido deve ser concluído nesta quinta-feira, 24. A Defensoria Pública de Nova Iguaçu negocia com a companhia a indenização às famílias atingidas.

Tudo o que sabemos sobre:
Nova IguaçuadutoraPrados Verdes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.