Agente penitenciário é fuzilado dentro do carro no Rio

Polícia encontra 47 perfurações de bala no carro de Dielson Corrêa, morto em Santa Cruz

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

30 Outubro 2007 | 11h30

O agente penitenciário Dielson Corrêa, de 41 anos, foi fuzilado na noite de segunda-feira, 29, em Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Até a manhã desta terça-feira, 30, a polícia ainda não tinha pista dos assassinos nem sequer os motivos do crime. Ele foi morto dentro do carro, onde foram encontradas 47 perfurações.   O crime aconteceu por volta das 22h45, quando o agente passava pela Avenida Brasil, na altura do Jardim Palmares, em Santa Cruz. Os disparos foram feitos por pessoas que estavam dentro um veículo. Côrrea trabalhava no posto em frente à Casa de Custódia Cotrin Neto, no Complexo Penitenciário Japeri, na Baixada Fluminense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.