Alemão acusado de tráfico de mulheres para prostituição é detido no Brasil

Homem seduzia mulheres com falsas promessas e as obrigava a se prostituir

EFE

02 de abril de 2010 | 17h41

Um cidadão alemão foi detido no aeroporto da cidade brasileira de Recife, no nordeste do país, acusado de tráfico de mulheres para prostituição, informou hoje a Polícia.

 

Segundo uma denúncia apresentada por uma ex-namorada, Andreas Schwarz, de 41 anos, seduzia a mulheres com promessas de casamento e uma vez no exterior as obrigava a se prostituir.

 

Schwarz foi detido ontem à noite por agentes da Polícia Federal quando esperava para em embarcar em um voo com destino a Lisboa onde faria conexão com Frankfurt na Alemanha.

 

Segundo a denunciante, o alemão pedia que ela conseguisse mulheres para levá-las para exterior e chegou a agredi-la fisicamente por não atender seus pedidos.

 

Caso seja considerado culpado de tráfico de mulheres para prostituição, ele pode ser condenado a no mínimo três e no máximo oito anos de prisão.

Tudo o que sabemos sobre:
tráfico de mulheres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.