Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Alerj aprova projeto que coloca roubo de bicicletas em estatística

Mudança permitirá saber onde os roubos se concentram e orientar o policiamento, afirma ciclista que sugeriu alteração na lei; hoje, crime é registrado genericamente como roubo a transeunte

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

26 Maio 2015 | 20h55

RIO - O Projeto de Lei 444/15, que cria o subtítulo "roubo ou furto de bicicleta" nos registros de ocorrência da Polícia Civil do Rio, foi aprovado em primeira discussão pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), nesta terça-feira, 26. O projeto uniu propostas dos deputados Martha Rocha (PSD) e André Ceciliano (PT), que dividem a autoria. Ele ainda será submetido a uma segunda discussão pela Alerj e, caso aprovado, será enviado ao governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) para sanção.

A criação desse item foi uma sugestão do ciclista Raphael Pazos, de 40 anos, presidente da Comissão de Segurança no Ciclismo da Cidade do Rio de Janeiro. "Roubos de bicicletas são comuns há pelo menos um ano, mas até hoje não há estatísticas. O caso é registrado genericamente, como roubo a transeunte. Essa mudança permitirá saber onde os roubos se concentram e orientar o policiamento", afirma Pazos.

O projeto também cria um cadastro estadual de bicicletas recuperadas, que permitirá às vítimas verificar se sua bicicleta foi encontrada pela polícia.

"Esse projeto de lei é muito importante porque foi uma demanda da sociedade civil. Assim que assumi meu mandato, fui procurada por uma comissão de ciclistas preocupada com o crescente roubo de bicicletas. Com a aprovação da proposta, vamos ter um dado específico para analisar esse fenômeno. Eu não tenho a menor dúvida de que esse indicador vai facilitar o trabalho das polícias Civil e Militar", afirmou Martha Rocha.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro Alerj

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.