Reprodução / Deck
Reprodução / Deck

Após denúncia de agressão e prisão por porte de arma, cantor Naldo é solto sob fiança

Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, denunciou que sofre agressões do marido há vários anos; durante buscas na casa, polícia o prendeu em flagrante por porte ilegal de arma

Bibiana Borba, O Estado de S.Paulo

06 Dezembro 2017 | 15h49
Atualizado 06 Dezembro 2017 | 18h00

RIO - O cantor Ronaldo Jorge da Silva, conhecido como 'Naldo Benny', de 38 anos, foi preso nesta quarta-feira, 6, na zona oeste do Rio, e solto logo depois após pagar fiança de valor não informado. Ele foi denunciado no último sábado pela mulher, Ellen Cardoso - a 'Mulher Moranguinho' -, por agressões. Ao chegar à casa onde os dois moravam para cumprir um mandado de busca e apreensão, a polícia encontrou uma pistola não registrada e o prendeu em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e munições. 

+++ 'Ele me reconheceu, p***!', comemora Naldo após encontrar Chris Brown

Conforme comunicado da Polícia Civil do Rio, Naldo responde a inquérito por lesão corporal, ameaça e injúria, depois de ter sido denunciado pela mulher no último sábado, 2. Moranguinho disse à polícia que sofria agressões do marido desde o início do relacionamento, há sete anos. Um novo inquérito sobre o porte ilegal de arma deve ser aberto.

+++ Adriano Imperador faz festa em casa com membros de organizada do Fla

A prisão foi feita pelos próprios agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, por determinação da delegada Viviane Costa. A pistola de calibre 7,65 e quatro munições foram apreendidos.

+++ Amor de Chocolate, de Naldo Benny, foi uma das músicas mais tocadas de 2013 no Brasil

A reportagem fez contato com as assessorias de Naldo e Ellen, mas não obteve resposta até o horário desta publicação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.