Após festa, 300 toneladas de lixo são retiradas de praias do Rio

Garis começaram cedo a trabalhar; cerca de 2 mi participaram da tradicional queima de fogos em Copacabana

da Redação , estadao.com.br

01 de janeiro de 2009 | 12h35

Após a festa de réveillon no Rio, os garis começaram o trabalho bem cedo na praia de Copacabana. Eles recolheram cerca de 300 toneladas de lixo no local. A passagem do ano foi considerada tranqüila, embora cinco pessoas tenham sido baleadas em Copacabana.   Veja também: Confira imagens da chegada de 2009  Fotos de banhistas aproveitando o verão    Fotos da virada de ano no Brasil e no mundo    A festa reuniu cerca de 2 milhões de cariocas e turistas para ver a tradicional queima de fogos. O público foi maior do que o esperado na praia, por conta do cancelamento do espetáculo de fogos de artifício nas praias de Ipanema e do Flamengo. Foram 24 toneladas de fogos de artifício lançados de oito balsas localizadas a alguns metros da costa. O espetáculo para celebrar a chegada de 2009 durou 21 minutos.      A chuva que caiu quase a noite toda parou pouco antes da zero hora e não tirou a animação dos cariocas e turistas que estavam nas praias. Na Barra, estima-se que um milhão de pessoas tenham assistido ao show pirotécnico e dançado ao som de música eletrônica.   Os shows também marcaram a festa em Copacabana num palco de 60 metros de diâmetro instalado no centro da praia. O grupo Revelação, Mart'nália e as escolas de samba - que encerraram a festa - foram os destaques. Não faltaram na festa o ritual de pular sete ondas e a oferenda de flores à Iemanjá.   Fotos Marcos D'Paula/AE   Wilton Junior/AE Wilton Junior/AE   (Com Bruno Lousada e Roberta Pennafort, de O Estado de S. Paulo, e Efe)   Texto ampliado às 16h16  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.