Após pedir orações, Pezão diz que chove há mais de 10 dias no Rio

'As pessoas me ridicularizaram quando falei para rezar, mas desde aquele dia está chovendo', afirmou o governador do Rio na Sapucaí

Mariana Sallowicz, O Estado de S. Paulo

15 de fevereiro de 2015 | 23h20

RIO - O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), afirmou que já está chovendo há mais de dez dias em todas as cabeceiras de rios do Estado, desde o dia em que pediu para rezarem para isso ocorrer. No fim de janeiro, o governador fez a recomendação ao comentar os problemas da seca.

"As pessoas me ridicularizaram quando falei para rezar, mas desde aquele dia está chovendo", afirmou a jornalistas na Sapucaí, no Rio.

Sobre a chuva que atinge o Estado neste domingo, 15, afirmou que tem informações de temporais na região serrana, sul do Estado. "(Caíram) alguns barrancos, nada grave. Os rios Pavuna (zona norte da cidade do Rio) e o Botas, na baixada fluminense, transbordaram. Não tenho mais detalhes mas parece que não é muito grave".

Sobre o carnaval, disse estar com ótima expectativa. "É a minha primeira vez como governador. Estou torcendo para todas escolas, mas para a Portela ser campeã."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.