Após tiroteio, dois corpos são encontrados em favela com UPP

Comunidades de Chapéu Mangueira e Babilônia têm Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) desde junho de 2009

Luciana Nunes Leal, O Estado de S. Paulo

24 de março de 2016 | 11h18

RIO - Depois de intenso tiroteio na noite desta quarta-feira, 23, dois corpos foram encontrados na manhã desta quinta-feira, 24, na favela do Chapéu Mangueira, no Leme, na zona sul do Rio de Janeiro. Os mortos ainda não foram identificados.

O policiamento está reforçado na região desde o início da semana, quando começaram as trocas de tiros, segundo a polícia entre facções rivais.

As comunidades de Chapéu Mangueira e Babilônia, com cerca de 5 mil moradores, têm Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) desde junho de 2009. Desde o ano passado, no entanto, confrontos entre traficantes têm sido constantes. 

Tudo o que sabemos sobre:
UPPChapéu MangueiraBabilôniafavela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.