PMERJ
PMERJ

Aposentado morre após ser atingido por bala perdida em Niterói

A Polícia Militar trocou tiros com criminosos na favela Santo Cristo, perto de onde o idoso estava. Não se sabe de onde partiu o disparo que atingiu a vítima. Nesta sexta, mais quatro pessoas foram atingidas por balas perdidas no Rio

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2019 | 19h25
Atualizado 08 de outubro de 2019 | 15h33

RIO - Um aposentado de 71 anos morreu atingido por uma bala perdida no bairro do Fonseca, em Niterói (Região Metropolitana do Rio), na manhã desta sexta-feira, 4. A Polícia Militar trocou tiros com criminosos na favela Santo Cristo, perto de onde o idoso estava. Até a noite desta sexta-feira não se sabia de onde partiu o disparo que atingiu a vítima.

Segundo a PM, Geraldo Evaristo de Souza estava fazendo reparos em seu carro, na porta de casa, quando foi atingido nas costas pela bala perdida. Ele chegou a ser levado ao Hospital Estadual Azevedo Lima, no mesmo bairro, mas morreu. Dois suspeitos também foram baleados, detidos e conduzidos ao mesmo hospital, onde estão internados sob custódia. Com eles foi apreendido um fuzil calibre 556. O caso foi registrado na 78ª DP (Fonseca).

Nesta sexta-feira, mais quatro pessoas foram atingidas por balas perdidas na região metropolitana do Rio. No início da manhã, uma mulher de 43 anos foi alvo de um tiro quando estava vendo TV na sala de sua casa, na rua Oswaldo Cruz, no bairro Nova Cidade. Patrícia dos Santos Costa foi levada ao Pronto-Socorro de São Gonçalo e não corre risco de morte, segundo a unidade de saúde.

Outras três pessoas - duas crianças e uma mulher - foram atingidas por balas perdidas durante operação realizada pela Polícia Militar na Favela do Dique, em Vigário Geral, na zona norte do Rio, na tarde desta sexta-feira. Todos foram socorridos e levados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha (zona norte). Um menino de 4 anos foi atingido de raspão no crânio, segundo familiares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.