Aspirante a oficial da PM morre após passar mal em teste físico

Corporação informa o candidato havia apresentado atestado médico comprovando estar apto a fazer os testes, como era exigido no edital

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

23 Março 2015 | 23h14

RIO - Um candidato ao curso de formação da Polícia Militar do Rio de Janeiro morreu na manhã desta segunda-feira, 23, após passar mal durante um teste físico no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap, na zona oeste. O nome dele não foi divulgado pela corporação para preservar a família.

Segundo a PM, o candidato era submetido a uma corrida de 12 minutos quando passou mal. Ele foi atendido pela equipe de paramédicos do Grupamento Especial de Salvamento e Ações de Resgate (Gesar), que prestou os primeiros socorros e o levou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Realengo (zona oeste), onde morreu.

A PM informou que o candidato havia apresentado atestado médico comprovando estar apto a fazer os testes físicos, como era exigido no edital do concurso. A 33ª DP (Realengo) instaurou inquérito para investigar o caso.
Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro Polícia Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.