Google Street View
Google Street View

Assalto a ônibus na Rodovia Presidente Dutra deixa uma pessoa morta

Três suspeitos foram presos pela Polícia Rodoviária Federal após denúncia

Daniela Amorim, O Estado de S. Paulo

01 Abril 2018 | 17h58

Uma pessoa morreu durante um assalto a um ônibus na Rodovia Presidente Dutra, na altura da Pavuna, zona norte do Rio, na manhã deste domingo. Três suspeitos foram presos por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os policiais atenderam a uma denúncia de que três homens estavam praticando assaltos no quilômetro 163 da rodovia. As equipes se deslocaram a tempo de localizar os assaltantes na ainda região. Os suspeitos carregavam diversos aparelhos de telefone celular, vários relógios e um revolver de calibre 38 com numeração raspada.

Pouco depois da prisão, os policiais saíram em busca de possíveis vítimas do trio, quando encontraram, na altura do quilômetro 164, um ônibus que tinha sido assaltado. Motorista e passageiros reconheceram os suspeitos detidos como os autores do crime. A polícia encontrou dentro do ônibus uma vítima de disparo de arma de fogo, de 33 anos, que acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. Não foi revelada a identidade da vítima.

+ Após CPI, milicianos reocupam o Rio

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Homicídios da Capital. Na noite de sábado, 31, uma pessoa morreu e outra ficou ferida durante um tiroteio entre policiais e criminosos na Praça Seca, na zona oeste do Rio. Moradores do bairro têm sofrido com tiroteios frequentes resultantes de uma disputa entre traficantes e milicianos pelo controle de comunidades da região.

+ “Quanto tempo mais passa pior o resultado’, diz Janot sobre caso Marielle

Segundo informações da Polícia Militar, o confronto teve início quando agentes do Grupamento de Ações Táticas do 18º Batalhão da PM, de Jacarepaguá,  se depararam com homens armados a bordo de um automóvel, na Rua Capitão Meneses. Na troca de tiros, dois suspeitos foram baleados, mas um deles não resistiu aos ferimentos e morreu. O automóvel usado pelos suspeitos e um revólver foram apreendidos pelos policiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.