Ator Sandro Rocha diz que Engenhão virou 'praça de guerra'

Ator Sandro Rocha diz que Engenhão virou 'praça de guerra'

Conhecido por interpretar um policial no filme Tropa de Elite, ator disse ter ouvido tiros, visto correria e cadeiras arremessadas

Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

12 Fevereiro 2017 | 19h52

RIO - O ator Sandro Rocha, conhecido por interpretar um policial no filme Tropa de Elite, comparou o entorno do Engenhão a “uma praça de guerra”. Ele relatou ter ouvido tiros, visto correria, cadeiras arremessadas. “Estamos aqui no Engenhão, são 18h15. Isso aqui está uma praça de guerra, sem polícia, pouca polícia no Engenhão. Já saiu tiro”, afirmou o ator, em transmissão ao vivo pelo Facebook.

“É o caos que a gente vive no Rio de Janeiro. Não tem entretenimento, não tem mais nada. A quantidade de tiro que teve aqui, vou te falar, e tem três carros da polícia aqui. Não tem segurança. Faço um apelo aos amigos do 3º (batalhão, do Méier) para chegarem aqui”, afirma o ator.

A confusão ocorreu quando torcidas do Flamengo e do Botafogo se enfrentaram. Torcedores do setor norte chegaram a se deitar entre as cadeiras da arquibancada, com medo dos tiros,

A assessoria da PM informa que o policiamento está sendo feito pelo Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE), com apoio de outras unidades, entre elas o Batalhão de Ação com Cães (BAC) e policiais do 1º Comando de Policiamento de Área (CPA). As ruas de acesso estão patrulhadas pelo 3º BPM (Méier) com apoio do Batalhão de Polícia de Choque. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.