Avião retorna para aeroporto por causa de rachadura em janela

Piloto da empresa KLM precisou voar a uma altura e em velocidade mais baixas do que o normal para evitar pressurização da cabine

Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2014 | 15h10

Um avião da companhia KLM - Royal Dutch Airlines que decolou do Aeroporto Internacional do Galeão, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, com destino a Amsterdã precisou retornar para o Rio devido a uma rachadura em uma janela. O voo partiu às 21h45 desse sábado e retornou ao Rio depois de duas horas quando o problema foi detectado. O pouso foi pouco antes das 2h da madrugada deste domingo.

Na volta, o piloto precisou voar a uma altura e em velocidade mais baixas do que o normal para evitar pressurização da cabine, contou um passageiro à GloboNews. Ele também disse que o piloto precisou despejar combustível no mar. O consórcio Rio-Galeão confirmou o pouso por causa do problema. A reportagem não conseguiu contato com a companhia aérea. Os passageiros decolarão novamente na noite deste domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
aviãoKLMrachadura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.