Bandidos incendeiam UPP do Lins, no Morro da Cachoeirinha

Após conflito entre polícia e traficantes, unidade é atacada e viatura apedrejada; objetos pertencentes aos policiais foram roubados

Thaise Constancio , O Estado de S. Paulo

23 Outubro 2014 | 08h59

Atualizada às 14h10

RIO - Pelo menos três pessoas ficaram feridas em confronto entre traficantes e agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Complexo do Lins, na zona norte do Rio. Depois, os bandidos jogaram coquetéis molotov  que incendiaram dois contaîneres no Morro da Cachoeirinha, uma das favelas do conjunto, e apedrejaram uma viatura da PM.

O Corpo de Bombeiros precisou ser chamado para controlar as chamas. Objetos que pertenciam aos policiais foram roubados. O policiamento na área foi reforçado com apoio de outras UPPs e dos batalhões de Choque e Operações Especiais (Bope).

A troca de tiros aconteceu na noite dessa quarta-feira, 23, e o policiamento segue reforçado nesta quinta, 24. Um policial foi baleado no pé e socorrido no Hospital Naval Marcílio Dias. Um adolescente de 17 ficou ferido na perna e operado no Hospital do Andaraí, no bairro de mesmo nome, na zona norte. Um jovem de 22 anos também foi atingido na barriga e levado para o Hospital Salgado Filho, no Méier, também na zona norte.

Dois homens foram encaminhados para a 26ª Delegacia de Polícia (Todos os Santos, na zona norte) com drogas. Outro menor de idade foi apreendido e levado para 25ª DP (Engenho Novo, na zona norte).

Mais conteúdo sobre:
Rio UPP Lins Morro da Cachoeirinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.