Divulgação
Divulgação

Bandidos invadem residência do cônsul de Portugal no Rio e mantêm reféns por quase uma hora

Polícia Civil realiza diligências nas imediações de Botafogo, inclusive em uma mata próxima por onde os criminosos teriam invadido o imóvel

Márcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2021 | 19h43

A casa do cônsul de Portugal no Rio, em Botafogo, na zona sul da cidade, foi invadida por criminosos na madrugada deste sábado, 30. O cônsul, familiares e funcionários estavam no local e foram feitos reféns, mas ninguém ficou ferido. O local onde fica a residência também abriga a sede do consulado.

O caso foi registrado na 10ª DP (Botafogo), e uma perícia já foi feita no local. Segundo a Polícia Civil, imagens de câmeras de segurança foram requisitadas e agentes realizam diligências nas imediações, inclusive em uma mata próxima, por onde os criminosos teriam invadido a residência.

Segundo o jornal O Globo, a invasão ocorreu por volta das 2 horas da manhã. Os bandidos estavam armados com pistolas e facas. Eles amarraram todos que estavam na casa e os deixaram em um dos cômodos por cerca de 50 minutos. Durante o período, aproveitaram para roubar computador e documentos.

O Estadão entrou em contato com o consulado português e aguarda posicionamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.