Com retroescavadeira, bando rouba caixa eletrônico no Rio

Só em 2015, já foram notificados no Rio outros três roubos dessa modalidade e mais duas tentativas

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

13 Agosto 2015 | 09h27

RIO - Homens armados conseguiram roubar um caixa eletrônico de um estabelecimento comercial usando uma retroescavadeira na madrugada desta quinta-feira, 13, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, perto do cemitério Tanque do Anil. A Polícia Militar foi acionada, mas os suspeitos conseguiram fugir. 

O roubo com retroescavadeiras não é novidade no Rio. Como o Estado informou em julho, só em 2015 já foram notificados no Rio outros três roubos dessa modalidade e mais duas tentativas. Casos foram registrados nos bairros da Pavuna, Vicente de Carvalho, Honório Gurgel, Turiaçu, Guadalupe e na cidade de São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos, para onde as ocorrências são encaminhadas, afirmam que são dois os bandos de criminosos, rivais. Um grupo é da Pedreira, dominada pela facção Amigos dos Amigos (ADA). O outro, do Chapadão, do Comando Vermelho (CV).

A Polícia Civil apurou que os criminosos envolvidos nos ataques a caixas eletrônicos com retroescavadeiras são também traficantes de drogas e que têm roubado os equipamentos em obras em bairros próximos das duas favelas. A Associação de Empresas de Engenharia do Rio, entretanto, informou não ter registros desse tipo de crime.

Quando conseguem levar as retroescavadeiras, os traficantes as escondem nas favelas. Quando o roubo é concretizado, abandonam os equipamentos no local e levam os caixas em carros. A retroescavadeira e seu operador são escoltados por criminosos armados com fuzis. Os episódios normalmente acontecem de madrugada, quando há menos policiamento na região. 

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro Violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.