Fabio Motta/ESTADÃO
Fabio Motta/ESTADÃO

Barracão de escola de samba pega fogo no Rio

Ninguém se feriu, mas o material armazenado no galpão foi perdido

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2017 | 17h42

RIO - Um incêndio destruiu completamente o barracão da escola de samba Renascer de Jacarepaguá, no Santo Cristo, na zona portuária, por volta do meio-dia desta quarta-feira, 28. Ninguém se feriu, mas o material armazenado no galpão foi perdido, segundo a direção da escola. Até as 17h desta quarta não havia informações sobre a causa do incêndio nem estimativa sobre o valor do prejuízo.

 O espaço fica na Rua General Luis Mendes de Morais, vizinho de fundos da quadra da Unidos da Tijuca, e era usado até o carnaval deste ano pelo Império Serrano. 

O Império venceu o desfile do Grupo de Acesso em 2017 e, alçado ao Grupo Especial, passou a ocupar um dos galpões da Cidade do Samba, na mesma região.

 

Quando ficou vago, o barracão foi ocupado pela Renascer, agremiação que integra a Série A (segunda divisão das escolas de samba do Rio) e neste ano ficou em 10º lugar no desfile. 

Fundada em 1992, a Renascer desfilou uma única vez na elite, em 2012, com um enredo sobre o artista plástico Romero Brito. Ficou em 13º lugar e foi rebaixada.

No carnaval de 2018 a escola vai apresentar o enredo "Renascer de flechas e de lobos", que vai apresentar a Amazônia usando como fio condutor a obra "A Floresta do Amazonas", composta em 1958 pelo maestro Heitor Villa Lobos (1887-1959).


 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.