Bebê é atropelado e morre na região metropolitana do Rio

Motorista teria fugido local sem prestar socorro; pelas redes sociais, familiares pedem ajuda para identificar o atropelador

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

02 de dezembro de 2017 | 19h44

Um bebê de três meses foi atropelado e morreu, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, nesta sexta-feira, 1. Antonella Barbosa estava no colo de sua mãe, Daphine Barbosa, de 21 anos, quando foi atingida por um carro e não resistiu. Segundo familiares, o motorista fugiu do local sem prestar socorro.

+++ Policial mata suspeito que usava arma falsa em Moema, na zona sul de SP

Pelas redes, familiares pediram ajuda para identificar o atropelador. “Ele tirou a vida de uma bebê de apenas três meses e nem se quer parou para socorrer, por pouco a mãe também morre. A mãe da neném perdeu o irmão há pouco mais de um ano, a avó da neném tinha ela como um consolo para suprir a dor da perda do filho e agora essa tragédia. Elas precisam de justiça, mesmo que isso não traga a Antonella de volta”, dizia o texto.

+++ Suspeito de tentativa de roubo é amarrado e ferido por populares na zona Norte do Rio

Por nota, a assessoria da Polícia Civil informou que o carro já foi identificado. “Todas as diligências de polícia judiciária estão em andamento para que o caso seja resolvido com a maior brevidade possível”, divulgou a polícia. As investigações estão sendo feitas pela 72 Delegacia de Polícia (Mutuá).

Nas redes sociais, familiares e amigos de Daphine mudaram suas fotos de perfis para a imagem do bebê, com a descrição de “luto”. Um familiar, Isabella Barbosa, publicou: “É com muita tristeza no meu coração que me despeço de você meu amor. Desde quando soube que você viria ao mundo meu coração se encheu de alegria, pois você era um presente enviado por Deus para alegrar nossa família. Não entendo os planos de Deus, ainda mais te fazer morrer dessa forma tão drástica, mas sei que está em um lugar melhor. Tinha dito ontem a sua mãe que iria te ver e vou mesmo só que não da mesma forma. Que Deus nos conforte, e preencha os nossos corações da alegria que você nos trazia”.

LEIA MAIS notícias sobre Brasil

Uma amiga, Suzane Moraes, escreveu: “Forças Dada, que Deus conforte a ti e a todos da família. Estamos todos com você, estamos todos sentindo dor , e não vamos parar enquanto a justiça não for feita , esse infeliz vai pagar por levar a vida dessa princesa linda.  Inconformada com isso , por que uma princesa tão linda meu Deus , um ser cheia luz , cheia de vida pela frente , tão amada ser levada assim dessa maneira bruta. Deus sabe de todas as coisas , só peço forças e consolo pela vida da mamãe e de todos”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.