Reprodução/Google Street View
Reprodução/Google Street View

Bebê morre após mãe ser vítima de bala perdida e fazer parto de emergência no RJ

A mãe, Michele dos Santos, de 25 anos, foi baleada  no tórax, por volta das 18 horas de quinta-feira, 1.º, quando chegava em casa, em Nova Iguaçu

Mariana Sallowicz, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2017 | 18h32

RIO - Uma bebê de 27 semanas, nascida em um parto de emergência após a sua mãe ter sido atingida por uma bala perdida, morreu na tarde deste sábado, 3, na Maternidade Municipal Mariana Bulhões, em Nova Iguaçu, na região metropolitana do Rio.

A bebê nasceu com apenas 1,030 quilo em um parto considerado prematuro extremo. A mãe, Michele dos Santos, de 25 anos, foi baleada  no tórax, por volta das 18 horas de quinta-feira, 1.º. Ela chegava em casa, no bairro Cabuçu, em Nova Iguaçu. 

Michele permanece internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Geral da Posse. Seu estado é grave, porém estável. Ela sofreu uma lesão na medula.

Parto. Um bebê nasceu dentro de uma viatura da Polícia Militar na manhã do sábado no Rio. O recém-nascido e a mãe foram encaminhados para o Hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte da cidade. Os dois passam bem.

Segundo a PM, dois policiais do 22ºBPM (Maré) faziam policiamento no bairro de Ramos, na zona norte. Foi quando transeuntes pediram ajuda para conduzir uma grávida ao hospital.

A mulher já estava em trabalho de parto e, no caminho, os dois policiais tiveram que ajudar no nascimento do bebê dentro da viatura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.