Reprodução/Google Street View
Reprodução/Google Street View

Bebê morre após mãe ser vítima de bala perdida e fazer parto de emergência no RJ

A mãe, Michele dos Santos, de 25 anos, foi baleada  no tórax, por volta das 18 horas de quinta-feira, 1.º, quando chegava em casa, em Nova Iguaçu

Mariana Sallowicz, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2017 | 18h32

RIO - Uma bebê de 27 semanas, nascida em um parto de emergência após a sua mãe ter sido atingida por uma bala perdida, morreu na tarde deste sábado, 3, na Maternidade Municipal Mariana Bulhões, em Nova Iguaçu, na região metropolitana do Rio.

A bebê nasceu com apenas 1,030 quilo em um parto considerado prematuro extremo. A mãe, Michele dos Santos, de 25 anos, foi baleada  no tórax, por volta das 18 horas de quinta-feira, 1.º. Ela chegava em casa, no bairro Cabuçu, em Nova Iguaçu. 

Michele permanece internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Geral da Posse. Seu estado é grave, porém estável. Ela sofreu uma lesão na medula.

Parto. Um bebê nasceu dentro de uma viatura da Polícia Militar na manhã do sábado no Rio. O recém-nascido e a mãe foram encaminhados para o Hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte da cidade. Os dois passam bem.

Segundo a PM, dois policiais do 22ºBPM (Maré) faziam policiamento no bairro de Ramos, na zona norte. Foi quando transeuntes pediram ajuda para conduzir uma grávida ao hospital.

A mulher já estava em trabalho de parto e, no caminho, os dois policiais tiveram que ajudar no nascimento do bebê dentro da viatura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.