Bombeiro tenta impedir fuga de assaltante e é baleado no Rio

Quatro bandidos invadem prédio em Copacabana; bombeiro barra um, que consegue se soltar, e é atingido

23 Setembro 2007 | 15h33

Na tentativa de impedir um assalto a um prédio em Copacabana, zona sul do Rio, um sargento do Corpo de Bombeiros foi atingido por dois tiros, um na perna e um na barriga, na manhã deste domingo, 23. Ele foi operado e passa bem, segundo informações do Hospital Miguel Couto, no Leblon, zona sul.   O sargento Eduardo Osório, 39, passava em frente ao prédio quando quatro homens iniciavam o assalto, mas foram surpreendidos por gritos de "pega ladrão" de moradores e pedestres. O bombeiro, que seguia para o quartel que fica próximo ao local, tentou impedir o assalto. Os criminosos atiraram e fugiram.   Um dos assaltantes, Fábio Lima, de 30 anos, foi preso. Com ele, a polícia encontrou uma pistola, que teria sido usada para atirar em Osório. A polícia fez uma busca no prédio na tentativa de encontrar os outros três bandidos, mas não teve sucesso.   Matéria ampliada às 19 horas

Mais conteúdo sobre:
Bombeiro assalto Eduardo Osório

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.