Marcos de Paula/AE - 29.03.2011
Marcos de Paula/AE - 29.03.2011

Bondinho volta a funcionar no Rio após morte de turista francês

Charles Damien Pierson, de 24 anos, caiu ao tentar tirar uma fotografia durante o percurso; veículo estava a 17,6 metros de altura

Marcela Gonsalves, do estadão.com.br

25 de junho de 2011 | 09h54

O bonde que liga o centro do Rio ao bairro de Santa Teresa, no Rio de Janeiro, voltou a funcionar normalmente neste sábado, 25. Na tarde de sexta-feira, 24, o turista francês Charles Damien Pierson, de 24 anos, morreu ao cair do veículo. Ele viajava no estribo, do lado de fora do bonde, e  perdeu o equilíbrio ao inclinar o corpo para tirar uma fotografia. O bondinho trafegava sobre os Arcos da Lapa, a 17,6 metros de altura.

 

O trilho é cercado por uma tela, mas, segundo as testemunhas do acidente, a proteção só fica presa pelas laterais, em barras de ferro. Pierson teria escorregado por baixo da tela. Um morador de rua que presenciou a queda contou ainda que dois adolescentes roubaram a câmera fotográfica do turista e pertences que estavam em seu bolso.

 

O condutor do veículo prestou depoimento na 5º DP de Santa Teresa, e, por solicitação da perícia, a circulação se manteve interrompida até o final do dia. A Secretaria de Transportes informou que "o bonde deixou a estação Carioca com 40 pessoas embarcadas, limite máximo permitido, e sem passageiros no estribo". Ainda de acordo com a Secretaria, em reunião realizada há menos de uma semana, o Iphan (Insituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) apresentou o projeto para a revitalização das grades que margeiam os Arcos.

 

Cerca de 1,5 mil pessoas passeiam diariamente nos bondinhos de Santa Teresa. O transporte de pessoas no estribo é usual e não há normas que pribam a viagem do lado de fora do bonde. Passageiros que fazem com frequência o percurso disseram que os condutores costumam orientar os passageiros para não viajar pendurado nos estribos, mas raramente são ouvidos.

 

Com informações de Clarissa Thomé

Tudo o que sabemos sobre:
bondinhosanta teresario

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.