DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Bope é acionado para localizar turistas suecos no Complexo do Lins

Eles estavam em um carro do Uber quando pediram que motorista parasse para tirarem fotos; viatura da polícia deixou os suecos no hotel onde estão hospedados

Clarice Cudischevitch, Especial para O Estado

03 de agosto de 2016 | 22h59

Agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram acionados para localizar três turistas suecos que desapareceram no Complexo do Lins, uma junção de 12 comunidades na zona norte do Rio, na noite de quarta-feira, 3. A Polícia Militar informou, no entanto, que não se tratou de sequestro ou roubo, mas que os estrangeiros se perderam na região.

Os turistas estavam sendo transportados por um carro do Uber na autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, nas proximidades do Complexo do Lins, por volta de 19h30, quando pediram para que o motorista parasse, supostamente para tirar fotos da paisagem. Segundo a PM, eles se ausentaram e demoraram a voltar.

Preocupado, o motorista do Uber foi até a 25ª Delegacia de Polícia (Engenho Novo) registrar o fato. Nesse momento, os turistas, que teriam se perdido, voltaram e viram que o veículo não estava mais lá. Assim, pediram apoio a uma viatura de polícia que passava pelo local e foram deixados no hotel em que estão hospedados, no centro do Rio. Eles passam bem.

A PM informou que foi, então, acionada, e agentes do Bope realizaram uma operação de busca e patrulhamento, até ser constatado que não se tratava de uma situação de sequestro ou roubo.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Polícia MilitarUber

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.