Braço direito de Fernandinho Beira-Mar é morto no Rio de Janeiro

Marcelinho Niterói era um dos principais traficantes de uma facção criminosa que atua no Rio

Juliane Freitas, estadão.com.br,

02 Novembro 2011 | 09h38

SÃO PAULO - Foi morto na noite desta terça-feira, durante operação do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio de Janeiro, o Bope, e das polícias civil e federal, o traficante e braço direito de Fernandinho Beira-Mar Marcelo da Silva Leandro, conhecido como Marcelinho Niterói.

Marcelinho Niterói foi ferido durante operação na Favela Parque União, no conjunto de favelas da Maré, na capital fluminense, em confronto com a polícia. De acordo com o Bope, ele era o principal traficante de uma facção criminosa que atua no Rio.

Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral de Bonsucesso, mas não resistiu, informou o Bope através de sua conta oficial no Twitter.

Outro homem teria ficado ferido durante a ação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.