Carro é incendiado próximo ao condomínio do Minha Casa invadido

PM está de prontidão para desocupar prédio; expectativa é de que seja feita de forma pacífica; imóveis seriam entregues em dezembro

Clarissa Thomé, O Estado de S. Paulo

17 de novembro de 2014 | 09h40

RIO - Bombeiros apagaram na manhã desta segunda-feira, 17, o fogo de um carro em Guadalupe, na zona norte do Rio de Janeiro, perto do condômino do programa Minha Casa Minha Vida, invadido há uma semana. O veículo foi incendiado no início da manhã, em um local conhecido como ponto de abandono de carros roubados.

Desde o início da manhã, policiais militares estão posicionados em frente ao condomínio. Um carro blindado da PM, conhecido como Caveirão, também está de prontidão.

No entanto, a expectativa é de que a desocupação seja feita de forma pacífica. Um oficial de Justiça está sendo aguardado no local, a fim de negociar com as famílias invasoras. Durante o fim de semana, alguns apartamentos começaram a ser esvaziados. No sábado, 8, um grupo de moradores invadiu o condomínio de 240 apartamentos, divididos em onze blocos.

Os imóveis já haviam sido sorteados para famílias com renda de até três salários mínimos. A construtora BR4 providenciava os últimos trâmites burocráticos para a entrega das unidades, prevista para ocorrer em dezembro. A empresa se comprometeu a entregar todos os apartamentos nas condições em que estavam antes da invasão.
Tudo o que sabemos sobre:
Rio de JaneiroMinha Casa Minha Vida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.