Casal de moradores de rua é incendiado no Rio

Amanda Silvestre da Silva e Adailton Farias dos Santos dormiam na calçada quando homem se aproximou deles e ateou fogo às vítimas

Clarissa Thomé, O Estado de S. Paulo

11 Novembro 2015 | 16h01

RIO - Um casal de moradores de rua foi incendiado na noite desta terça-feira, 10, no Rio Comprido, região central do Rio. Amanda Silvestre da Silva, de 26 anos, e Adailton Farias dos Santos dormiam na calçada da Rua Batista das Neves, quando um homem se aproximou deles e ateou fogo às vítimas. O ataque ocorreu por volta das 21h.

Amanda dormia com um casaco feito de material sintético, que incendiou rapidamente. Santos tentou correr atrás dos agressores e depois voltou para socorrer a companheira. Ele tentou apagar as chamas com a água de uma poça de lama. A roupa ficou grudada na pele da jovem, que teve 70% do corpo queimado. 

Santos ficou ferido em 19% do corpo. Ela ficou caída na calçada, à espera do socorro. O casal foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro, e está internado no Centro de Tratamento de Queimados.

A 6ª DP (Cidade Nova) vai investigar o ataque. Há uma câmera de segurança próximo ao local em que ocorreu o ataque. As imagens serão requisitadas. Segundo moradores da rua, Amanda havia contado no início da semana que está grávida.

Mais conteúdo sobre:
Violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.