Bruno Avellar/ Tribuna de Petropolis
Bruno Avellar/ Tribuna de Petropolis

Chuva causa deslizamentos em Petrópolis, na região serrana do Rio

Ocorrências não deixaram vítimas. Chuva acumulada em uma semana soma 200 milímetros

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

08 de janeiro de 2020 | 20h00

RIO - O temporal que atinge a região serrana do Estado do Rio na tarde desta quarta-feira, 8, causou deslizamentos e alagamentos em Petrópolis. Boletim emitido pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias às 15h30 contabilizou 17 ocorrências, entre elas quatro deslizamentos sem vítimas.

Na região central, ruas ficaram alagadas e carros chegaram a ser arrastados pela correnteza. A prefeitura mantém equipe com 55 agentes para prestar socorro a eventuais vítimas. A chuva havia se intensificado por volta das 14h30 e desde então, em menos de uma hora, choveu 90 milímetros.

Nos últimos quatro dias, a chuva acumulada registrada por meio de pluviômetro instalado na Rua 24 de Maio, no Alto da Serra, chegou a 201,8 milímetros.

Capital

No município do Rio não havia registro de chuva forte no fim da tarde, mas a previsão é de que ocorresse temporal no início da noite. Segundo o Alerta Rio, sistema de radares mantido pela prefeitura, a chuva estava se deslocando de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e afetaria principalmente a zona norte da capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.