ALESSANDRO BUZAS/FUTURA PRESS
ALESSANDRO BUZAS/FUTURA PRESS

Chuva provoca alagamentos e deixa Rio em estado de atenção

Precipitação foi mais forte nas regiões do Leblon, Rocinha e Jardim Botânico; cidade entrou em estado de atenção no início da madrugada desta segunda-feira, 26

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

26 Novembro 2018 | 09h53

As chuvas fortes que caíram no Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira, 26, provocaram alagamentos e deixaram a cidade em estado de atenção. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, a cidade entrou em atenção às 23h40 deste domingo, 25. 

 

O risco de deslizamentos de terra provocou o acionamento de sirenes de alerta em três comunidades da região de Jacarepaguá no início da madrugada e em duas da zona sul (Chapéu Mangueira/Babilônia e Cabritos) já pela manhã.

No bairro de Jurujuba, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, sete casas foram interditadas devido a um deslizamento.

Pontos de alagamento foram registrados em várias regiões da cidade. A chuva foi mais forte nas regiões do Leblon, Rocinha e Jardim Botânico. Na Rocinha, chegou a chover 32 milímetros (mm) das 6h30 às 7h30 desta segunda.

Segundo o secretário da Casa Civil, Paulo Messina, às 5h, na hora do pico da maré cheia, começou uma chuva muito forte localizada na Zona Sul. “Essa combinação de chuva intensa com maré cheia fez um estrago na região da Lagoa”, disse. Ele avaliou que a cidade “respondeu bem” aos efeitos da chuva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.