Chuvas deixam centenas de desalojados no Estado do Rio

Em Petrópolis, 224 pessoas tiveram que deixar suas casas

Constança Rezende, O Estado de S. Paulo

18 Janeiro 2016 | 22h46

RIO - As chuvas fortes que têm atingido o Estado do Rio de Janeiro desde o último fim da semana deixaram centenas de pessoas desalojadas, principalmente no interior. Em Petrópolis, na região serrana, 224 pessoas tiveram que deixar suas casas. Os órgãos de Defesa Civil não registraram nenhuma morte nos municípios, em decorrência das chuvas, até a noite desta segunda-feira, 18.

Segundo a Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Petrópolis, foram registradas 515 ocorrências de deslizamentos, alagamentos e inundações desde a última sexta-feira, 15. Ao todo, 56 imóveis foram interditados porque representam risco para os moradores. Não houve vítimas ou feridos.

Na cidade de Paraíba do Sul, na divisa com o sul de Minas Gerais, pelo menos 190 pessoas estão desalojadas. A prefeitura decretou estado de calamidade pública e comunicou que foi uma das maiores enchentes da história do município. No fim de semana, o Rio Paraíba do Sul chegou a atingir 4,15 metros, mais de quatro vezes o seu nível normal.

Em Nova Friburgo, também na região serrana, foram registradas 52 ocorrências e três pessoas ficaram desabrigadas. Nesta segunda-feira, o município retornou ao estágio de atenção. A Defesa Civil pede que moradores de áreas de risco continuem alertas.

Mais conteúdo sobre:
Defesa CivilMinas Gerais

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.