Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Com aumento da taxa de transmissão de covid-19 no Rio, comitê sugere novo fechamento de praias

Especialistas também sugerem que as aulas presenciais em escolas e creches municipais sejam novamente suspensas

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2020 | 10h42

RIO - O Comitê Científico da Prefeitura do Rio, formado por especialistas para discutir o combate à pandemia do coronavírus, sugeriu o retorno de algumas medidas que visam ao afastamento social. O motivo é o aumento na taxa de contágio nas últimas semanas.

Dentre as medidas propostas estão a proibição da permanência de pessoas na praia e mesmo os banhos de mar. Eventos em geral seriam proibidos, sejam eles sociais ou feiras de negócios e exposições.

As aulas presenciais em escolas e creches municipais seriam novamente suspensas. O comércio poderia permanecer aberto, mas não poderia abrir antes das 11h.

Todas essas medidas foram debatidas em reunião realizada pelo comitê na quarta-feira, 2. Segundo a ata do encontro, representantes de hospitais privados do Rio alertaram sobre o aumento da procura por internações nas últimas quatro semanas. Na rede municipal, o crescimento na busca por atendimento foi "exponencial".

Eventual retorno de medidas de distanciamento, porém, ainda dependem de decisão da Prefeitura do Rio. Ao Estadão, o governo municipal informou que "a situação de covid é monitorada permanentemente" e que,  "havendo decisões a serem informadas, a Prefeitura prontamente divulgará".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.