Com chuva, aeroportos do Rio operam por instrumentos nesta 5ª

Santos Dumont chegou a ficar fechado para pousos; árvore caiu na Estrada do Joá e interditou a via, o que causou congestionamento

O Estado de S. Paulo

04 de setembro de 2014 | 08h57

RIO - Chove na manhã desta quinta-feira, 4, no Rio de Janeiro e, com a baixa visibilidade, os Aeroportos Santos Dumont e Internacional Tom Jobim, o Galeão, operam por instrumentos para pousos e decolagens. O Santos Dumont chegou a ficar aberto só para decolagens entre 6h59 e 7h19, mas até 8h30 ainda operava por instrumentos para ambos os procedimentos.

Uma árvore caiu na Estrada do Joá, na zona sul do Rio, no começo da manhã e interditou parte da via, mas equipes da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) foram acionadas e liberaram o trecho, por volta das 7h10. O trânsito, de praxe já lento, é ainda mais intenso na manhã desta quinta-feira.

Nesta quarta-feira, 3, cerca de 40 árvores foram derrubadas por uma forte ventania, que chegou a ter rajadas de 97 km/h em Copacabana, na zona sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.