Silvia Izquierdo/AP
Silvia Izquierdo/AP

Comandante da UPP da Rocinha é baleado em tentativa de assalto no Rio

O capitão Marcelo Alves teria reagido a tiros à ação dos criminosos, baleando um dos suspeitos; ele foi atingido nas costas e seu estado de saúde é estável

Daniela Amorim, O Estado de S. Paulo

27 Dezembro 2018 | 09h48

RIO – O comandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, favela na zona sul do Rio, foi baleado durante uma tentativa de assalto na noite desta quarta-feira, 26.

Segundo informações do 18º Batalhão de Polícia Militar, de Jacarepaguá, na zona oeste da cidade, o capitão Marcelo Alves relatou que viajava de carro pela Rua Coronel Pedro Corrêa esquina com a Rua Leonardo Vilas Boas, em Curicica, quando seu automóvel foi fechado por outro veículo. Três homens armados desceram do carro e renderam uma amiga do comandante, também militar, que viajava com o capitão.

Alves teria reagido a tiros à ação dos criminosos no momento da abordagem, baleando um dos suspeitos. No tiroteio, o capitão foi ferido por um tiro nas costas e levado ao Hospital Barra D'Or, também na zona oeste.

De acordo com a polícia, o tiro que atingiu o policial não alcançou nenhum órgão vital e o estado de saúde do comandante da UPP é estável.

Os suspeitos conseguiram fugir. A ocorrência foi registrada na 32ª Delegacia de Polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.