Comando da operação na Mangueira acompanha equipes por GPS

Policiais querem evitar abusos como o que ocorreu no Complexo do Alemão

Clarissa Thomé,

19 de junho de 2011 | 09h50

Rio - As equipes da PM que estão em incursão pelo Morro da Mangueira estão utilizando rádios transmissores com GPS. O equipamento permite que o comando da operação acompanhe o deslocamento das equipes na comunidade. O objetivo é evitar que ocorram saques e abusos como os registrados no Complexo do Alemão.

Outra novidade em relação às demais ocupações é o fato de toda a operação estar sendo acompanhada por defensores públicos. Carros da divisão de capturas (Polinter) estão com computadores para fazer o rastreamento de detidos e identificar se há mandados de prisão contra eles.

O hasteamento da bandeira do Brasil será feita por volta das 10h30. Logo depois, um helicóptero do Bope sobrevoara o local e fará um "bombardeio" psicológico com lançamento de panfletos com telefones do disk-denúncia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.