EFE / Antonio Lacerda
EFE / Antonio Lacerda

Contra covid, ônibus do Rio seguirão sem ar-condicionado mesmo no verão

Veículos climatizados sem abertura de janelas deverão estar com manutenção do sistema em dia

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2020 | 16h10

RIO - Os ônibus do Rio terão de circular com as janelas abertas e com o sistema de ar-condicionado desligado mesmo durante o escaldante verão carioca. A determinação é da prefeitura da capital fluminense, que justifica a medida como uma das formas de tentar evitar a propagação do coronavírus.

Em nota, a Secretaria Municipal de Transportes informou que "a iniciativa de manter o ambiente interno dos ônibus arejado, com os veículos circulando com as janelas abertas sempre que possível, foi uma orientação da Prefeitura com base nas recomendações dos órgãos de saúde".

Os ônibus do Rio têm circulado com o sistema de ar desligado desde 25 de junho, e deverão seguir com essa recomendação até o fim da pandemia. Os veículos climatizados que não possuem abertura de janelas, por sua vez, deverão estar com a manutenção do sistema em dia.

"O objetivo é preservar os passageiros que utilizam o transporte coletivo, bem como os motoristas, assegurando a renovação do ar dentro do ônibus", sustentou a secretaria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.