Copacabana, Ipanema e Botafogo têm policiamento reforçado

Casos de roubos foram registrados na zona sul nesse sábado

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

20 Setembro 2015 | 15h28

RIO - Gerente da Padaria Santo Antônio, no Humaitá, zona sul do Rio, saqueada na tarde de sábado, Maria Adelaide da Cruz foi trabalhar neste domingo, 20, com medo. O estabelecimento foi roubado por um grupo de cerca de 20 pessoas, parte, menores, contou a portuguesa, que mora no Brasil há 47 anos. "Já trabalho no comércio há muito tempo, na Tijuca, Copacabana e Ipanema, e nunca tinha me acontecido algo parecido. Entraram, pegaram dinheiro do caixa e produtos, ameaçaram a gente. Só tinha uns três clientes, mas todo mundo ficou assustado", ela contou, há pouco.

"Quem estava aqui dentro correu para os fundos. Foi muito rápido, mas assustador. Os menores têm seus defensores, mas nós, trabalhadores, não. Tenho medo porque essas pessoas estão preparadas para o mal, para agredir, para matar. Mas a vida segue, temos que continuar trabalhando. Fomos agredidos física e moralmente", desabafou Maria Adelaide. Outros estabelecimentos de Botafogo também foram roubados e os moradores relataram que houve arrastão. Um vendedor de rua foi baleado na perna, mas não corre risco de vida. Ele teria sido ferido por um vigia que tentou dispersar os assaltantes.

Segundo a PM, o policiamento "foi redistribuído" no bairro, e também em Copacabana e Ipanema, onde foram registrados roubos e furtos no sábado ensolarado. O domingo é novamente de sol, mas a praia está menos cheia, porque o tempo só firmou no começo da tarde. 

Em grupos de defesa de bairro no Facebook, moradores compartilham estratégias para não serem lesados, como evitar levar celular e muito dinheiro para a praia e usarem calçados apropriados para correr. Uma usuária fez piada: "Vendo kit praia: spray de pimenta, uma (pistola) 9mm (3 carregadores de brinde), taser (para dar choque), colete à prova de bala modelo saída de praia. Promoção: a cada três pivetes abatidos, um kit grátis para o próximo final de semana."

O dia amanheceu nublado, com pouca gente na praia até as 10 horas, mas com o aparecimento do sol, as areias foram enchendo. Até o momento, não houve registros de incidentes, conforme a PM. 

Ontem, ocorreram furtos na praia de Ipanema, na altura do Arpoador, e nas ruas próximas. Pelo menos duas bolsas, um cordão, um celular e duas bicicletas foram roubados, conforme mostram vídeos compartilhados no Facebook e pela TV Globo. A polícia deteve cerca de 30 pessoas, mas não foi divulgado quantas ficaram presas.

Na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, em Copacabana, também foi registrada correria, classificada como arrastão pelos moradores, que observavam das janelas dos prédios. Na Barra da Tijuca, dois amigos que estavam indo para o Rock in Rio foram assaltados perto do Terminal Alvorada, onde se pega o ônibus BRT para a Cidade do Rock - ficaram sem as carteiras e os celulares, e ainda foram agredidos.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.