Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Corpo do neto de Chico Anysio é cremado neste domingo no Rio

Corpo de Rian Brito de Oliveira Paula, de 25 anos, foi encontrado em uma praia em Quissamã, após uma semana desaparecido

Daniela Amorim, O Estado de S. Paulo

06 de março de 2016 | 16h07

RIO - O corpo de Rian Brito de Oliveira Paula, de 25 anos, neto do humorista Chico Anysio (1931-2012), foi cremado na tarde deste domingo, 6, no Rio. A cerimônia, no Cemitério São Francisco Xavier, na zona portuária, foi restrita a parentes e amigos da família.

O corpo de Rian foi encontrado numa praia em Flecheiras, na Reserva de Jurubatiba, em Quissamã, no norte fluminense, na manhã de quinta-feira (3), após o músico ter passado mais de uma semana desaparecido.

A necropsia realizada no corpo do rapaz apontou que a morte foi causada por asfixia por afogamento. O corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição, a cerca de 25 quilômetros de onde foram achados os pertences de Rian, como documentos pessoais, cartão bancário, camisa e chinelos.

Os pais de Rian, o ator Nizo Neto e a atriz e cantora Márcia Monteiro Brito, conhecida com Brita Brazil, publicaram no fim de semana homenagens ao filho em seus perfis numa rede social. Brita Brazil postou vídeos do rapaz tocando baixo, enquanto Nizo fez um texto sobre Rian.

“Este é aquele momento na vida que a gente acha que nunca vai acontecer com a gente. Isso acontece em filme ou na vida dos outros, nunca na nossa. Rian sempre foi meu grande amigo e companheiro, um filho maravilhoso com um sorriso que ilumina qualquer ambiente. Sempre fui seu grande fã, não só como o músico maravilhoso que é, mas principalmente como pessoa, com seu bom humor, seu jeito carinhoso e educado, sua inteligência e enorme sensibilidade. Uma pessoa de caráter irretocável e uma aura que você vê de longe. Me recuso a escrever no passado, porque ele nunca vai sair do meu coração. Vou tentar preencher esse buraco que ficou nele com todo esse amor que sinto por ele e tentar transformar isso em uma coisa positiva”, escreveu Nizo Neto.

Família compartilhou cartaz produzido pela Polícia Civil


 

Tudo o que sabemos sobre:
Chico Anysio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.