Corpo encontrado no RJ não é de piloto desaparecido

Policiais confirmaram que Paulo Roberto Calmon continua desaparecido após acidente com helicóptero dia 26

Alexandre Rodrigues, de O Estado de S. Paulo,

05 de março de 2008 | 21h28

Policiais da delegacia de Macaé (123º DP) informaram que o corpo em decomposição encontrado nesta quarta-feira, 5, na costa de Quissamã, no Litoral Norte Fluminense, não é de Paulo Roberto Calmon, piloto do helicóptero que sofreu um acidente no último dia 26 com funcionários da Petrobrás a bordo na Bacia de Campos.  Calmo é o único dos 20 passageiros do aparelho que ainda esta desaparecido. Quatro mortes foram confirmadas com a localização dos corpos. Quinze pessoas foram resgatadas com vida do mar depois de conseguirem sair do aparelho que sofreu uma pane e foi obrigado a fazer um pouso forçado no mar, logo após ter decolado da plataforma petrolífera P-18.  O corpo encontrado foi levado para o Instituto Médico-Legal de Macaé. Apesar da suspeita de que se tratava do piloto, exames na arcada dentária descartaram a hipótese.

Tudo o que sabemos sobre:
helicópteropetrobráslitoral

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.