Criança de 11 anos morre baleada durante tiroteio no Alemão

Duas pessoas ficaram feridas na troca de tiros; PM nega operação no complexo de favelas da zona norte

Talita Figueiredo, de O Estado de S. Paulo,

07 de fevereiro de 2008 | 23h10

Uma criança de 11 anos morreu baleada e duas pessoas foram feridas a tiros na noite desta quinta-feira, 7, na favela Vila Cruzeiro, no complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro.   Policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar negaram que houvesse uma operação na favela e suspeitavam que o tiroteio teria sido causado por uma disputa de grupos rivais pelo tráfico no local.   Lorraine Tavares foi atingida no tórax, chegou a ser levada para o Hospital Getúlio Vargas, no mesmo bairro, mas não resistiu aos ferimentos.   Os outros dois feridos não tiveram seus nomes divulgados até o fim desta noite. Policiais militares se dirigiam à favela para apurar o que estava acontecendo no Complexo do Alemão.

Tudo o que sabemos sobre:
Complexo do Alemãotiroteio no Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.