Criança e dois adultos são baleados durante operação da PM no Rio

Policiais dizem ter sido recebidos a tiros quando iniciavam uma operação na comunidade; não se sabe estado de saúde das vítimas

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

22 de abril de 2015 | 23h47

RIO - Uma criança e dois adultos foram baleados na tarde desta quarta-feira, 22, durante um confronto entre traficantes e policiais militares na favela Parque Esperança, no conjunto de favelas do Chapadão, em Costa Barros, na zona norte do Rio. Os três sobreviveram, mas o estado de saúde deles não foi divulgado. A origem dos tiros só será esclarecida por meio de exame pericial.

Segundo a PM, policiais do 41º Batalhão (Irajá) foram recebidos a tiros quando iniciaram uma operação na comunidade. Eles usavam um veículo blindado.

A criança e os adultos (entre eles um homem de 32 anos, o único que teve a idade divulgada) foram socorridas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ricardo de Albuquerque, na zona norte. Em seguida a criança foi transferida para o Hospital Municipal Souza Aguiar, na região central.

O caso está sendo investigado pela 31ª DP (Ricardo Albuquerque).

Outro caso. Em 2 de abril, Eduardo de Jesus, de 10 anos, foi morto com um tiro na cabeça disparado por um policial no Morro do Alemão, na zona norte. Em depoimento, os PMs disseram que reagiram a ataque de traficantes. A mãe de Eduardo, Terezinha Maria de Jesus, disse que não houve tiroteio. Uma reconstituição do crime foi feita no local no dia 17.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeirobala perdida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.